Blog

0800 878 5102 Ligação Gratuita

0800 878 5102

Horário de Atendimento: Seg a Sex, das 9h as 19h

0800 878 5102 Ligação Gratuita

0800 878 5102

Horário de Atendimento: Seg a Sex, das 9h as 19h

Passo a passo de como organizar mudança

Você percebeu que é hora de mudar, mas tem dúvidas sobre como organizar mudança residencial? De fato, a mudança requer uma série de planejamentos, ações e definições. São muitos detalhes que merecem atenção para que o processo ocorra sem transtornos e logo você possa usufruir de sua nova morada. Então, para ajudá-lo a começar a se organizar, preparamos as dicas a seguir. Confira e saiba mais sobre o que não pode faltar na hora de planejar sua mudança de lar.

Passos fundamentais de como organizar mudança

As demandas trazidas pela mudança podem variar bastante. Uma mudança para apartamento apresenta passos diferentes da mudança para uma casa. Mudanças intermunicipais também podem trazer outros desafios. Mas, de forma, geral, para uma mudança bem-sucedida, é importante:

1. Definir o tipo de serviço ideal para sua mudança

Um dos passos mais fundamentais de como organizar mudança diz respeito à escolha e contratação dos prestadores de serviços. Pode parecer que não há muito o que pensar sobre isso, mas esse é um erro: há grandes variações entre a abrangência e qualidade dos serviços de mudança prestados. Pense sobre suas necessidades: você quer apenas uma empresa para transportar os itens? Precisa de auxílio para garantir um embalamento seguro para seus pertences? Gostaria de não ter de se preocupar com carregamento, descarregamento e montagem dos móveis? Com essas escolhas em mente, você poderá optar pela contratação de uma empresa de frete de mudança (carreto) ou um serviço profissional e completo de mudança.

2. Saber quais regras devem ser seguidas em sua mudança

Nos estágios iniciais de como organizar mudança, também está uma checagem prévia sobre as condições, restrições e regras para a mudança. Especialmente quando envolve condomínio, há prescrições específicas a serem cumpridas. Alguns permitem que a mudança seja feita apenas em determinados dias e horários, que as movimentações ocorram apenas por determinados portões, entre outras particularidades que precisam ser conhecidas para organizar sua mudança sem problemas, atrasos e custos extras. Também é importante avisar seu síndico e/ou zelador sobre a mudança e verificar se não há outro morador planejando-a para a mesma data, o que poderia gerar congestionamentos e outros transtornos. Com essas informações em mãos, repasse todos os detalhes para a empresa de mudança organizar seu serviço.

3. Descartar e doar o que não for mais necessário

Na hora de pensar sobre como organizar mudança, também é importante fazer uma triagem entre o que é e o que não é necessário levar. Canalize sua Marie Kondo interior e separe itens para doação e descarte. Roupas, calçados, brinquedos, livros e outros podem ser encaminhados para doação – inclusive, há empresas de mudança que oferecem também esse serviço. Outros itens avariados devem ser descartados. Ainda, produtos corrosivos, inflamáveis ​​e venenosos também devem receber uma destinação correta antes da mudança.

4. Fazer as organizações burocráticas da mudança

Além da organização e empacotamento de seus pertences (que, como vimos, poderá ser algo fácil e rápido com a contratação de um serviço profissional), há, ainda, outras providências a serem tomadas, incluindo:

  • Atualize seu endereço de correspondência e de assinaturas (de jornais, revistas, clubes de produtos por assinatura, etc.);
  • Certifique-se de cancelar e/ou redirecionar as entregas programadas. Se você fez recentemente compras online ou contratou serviços de entrega recorrente (como os oferecidos por farmácias, pet shops e outros estabelecimentos), atualize seu endereço para que os pedidos sejam enviados para o endereço correto;
  • Agende desligamentos e reinstalações de serviços de água, luz, internet, etc.;
  • Atualize sua situação cadastral junto ao banco, empresa de cartão de crédito, faculdade, etc.

5. Adotar cuidados com os aparelhos eletrônicos

Entre as etapas de como organizar mudança, lembre-se de dar uma atenção especial a seus eletrônicos. Faça uma limpeza prévia e tire foto dos cabos e das conexões para facilitar a instalação em sua nova casa. Lembre-se também de fazer um backup na nuvem de documentos importantes de seu computador para garantir uma proteção extra a eles.

6. Organizar a dinâmica para as crianças e animais de estimação

Pense sobre a melhor dinâmica para garantir o conforto e a segurança de seus filhos e pets no dia da mudança. Um fim de semana na casa dos avós, por exemplo, pode ser uma ideia divertida para eles. Para os bichinhos, há diversos serviços em pet shops, junto a pet sitters, hotéis para pets e outros.

7. Planejar os dias que antecedem a mudança

Lembre-se também de pensar sobre como se organizar para os dias próximos da mudança. Planeje-se, por exemplo, para desligar o gás central, descongelar seu freezer, desligar todos os aparelhos eletrônicos, retirar roupas da máquina de lavar, fazer uma limpeza prévia na casa nova e checar se as instalações de serviços básicos foram feitas, etc. Descansar bem no dia anterior é fundamental para ter disposição e energia para lidar com eventuais contratempos e acompanhar com atenção todas as etapas de sua mudança. Esses são alguns dos passos essenciais de como organizar mudança, para conhecer outras definições importantes, baixe nosso checklist com tudo o que você precisa resolver para fazer sua mudança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *